Publicidade

Arancini – uma delícia siciliana

Muita coisa poderíamos falar da gastronomia italiana, pois juntamente com a gastronomia francesa, é a cozinha que mais se espalhou e influenciou o mundo. Mas nosso tema de hoje é o sul da Itália, mas precisamente a Sicília, que é a maior ilha do Mediterrâneo. Sua cozinha se faz com pouca carne vermelha, muitos peixes como o atum e o espada, além de frutos do mar, legumes e verduras. Mas falaremos do famoso Arancini, um bolinho frito e empanado feito com arroz arbório (geralmente a sobra de um risoto) e recheado com molho de carne moída e muçarela (a forma lembra uma laranja, daí o nome arancini). Buon appetito!

Ingredientes:

  • 250 g de arroz arbório ou carnaroli
  • 450 ml de água ou caldo de carne para cozinhar o arroz
  • 40 g queijo parmesão ralado fino
  • 100g de queijo gouda ou qualquer queijo de sua preferência
  • 30 g de manteiga
  • 20 g de cebola picada
  • Farinha de trigo para empanar
  • Farinha de rosca para empanar
  • 1 ovo
  • 1/2 pacote de açafrão em pó
  • Sal e pimenta-do-reino a gosto
  • Óleo de soja para frita

Modo de fazer:

  • Refogar a cebola na manteiga até dourar levemente, adicionar o arroz e fritá-lo levemente
  • Colocar 1/3 da água ou caldo de carne e mexer até começar a evaporar. É importante mexer sempre o arroz para que possa liberar o amído.
  • Repetir o processo acima até acabar o caldo e o arroz ficar ao dente, mas cremoso ainda.
  • Acrescentar a manteiga e mexer bem para dar brilho.
  • Deixar esfriar o arroz
  • Depois de frio, pegar um punhado de arroz e colocar na palma da mão. Rechear com o queijo da sua preferência e fazer uma bola do tamanho de uma bola de tênis.
  • Passar o bolinho na farinha de trigo, depois passar no ovo batido e por fim passar na farinha de rosca
  • Fritar em óleo bem quente e servir frio ou quente.
Chef Arnaldo Lafuente Jr
Formado em Gastronomia pela Universidade Católica de Santos – UNISANTOS;
Pós-Graduado em Gestão Empresarial Estratégica pela Universidade Católica de Santos – UNISANTOS;
Atua na área de alimentos e bebidas desde 1994;
Sócio e consultor multi-disciplinar da empresa Bem Estar Consultoria Gastronômica desde 2005;
Sócio e chef de cozinha da Cervejaria do Neco – Boteco Gourmet;
Autor do livro BARES E RESTAURANTES, DESVENDANDO SEUS SEGREDOS;

Foi dono de vários bares e restaurantes no transcorrer desses 24 anos, tais como: Restaurante San Michele di Mondovi, Bar e Restaurante Fogão Caipira, Bar e Restaurante UpTown, Bikkini Barista e atualmente é sócio e chef de cozinha do novo Cervejaria do Neco – Boteco Gourmet.

Deixe uma resposta