Publicidade

Coalhada seca – receita do Kuwait

Um dos primeiros pratos a ser criado no mundo, a coalhada seca é praticamente encontrada em todos os países árabes. No Kuwait não poderia ser diferente. Essa iguaria é consumida tanto no café da manhã, como nos almoços e jantares especiais, onde rivaliza com o homus e o babaganuche. Consumida normalmente com pão, também é muito apreciada misturada a outros pratos, como o kibe por exemplo.

Aproveitem esta viagem pelo oriente!

Ingredientes:

1 litro de leite;
1 copo de iogurte natural (100 gramas)
1 colher (chá) de sal.

Modo de preparo:

Misture o iogurte ao leite e deixe descansar por algumas horas. Depois disso, acrescente o sal e misture para o sal se espalhar. Coloque a mistura dentro de um saco de pano (algodão ou morim) e amarre-o firmemente. Pendure-o para escorrer todo o soro e deixe assim por algumas horas até que o soro seja todo eliminado.

Para a coalhada ficar bastante consistente, arrume uma tigela e coloque um pires virado dentro dela. Coloque o saco com a coalhada, por cima do pires, e deixe-o na geladeira de um dia para o outro. No dia seguinte, retire a coalhada de dentro do saco de pano e a coloque em uma tigela.

A coalhada quando deixada dentro da geladeira, de um dia para o outro, torna-se mais consistente, em forma de patê mole. A coalhada pode, ainda, ser temperada com azeite e ervas. Bom apetite

Chef Arnaldo Lafuente Jr
Formado em Gastronomia pela Universidade Católica de Santos – UNISANTOS;
Pós-Graduado em Gestão Empresarial Estratégica pela Universidade Católica de Santos – UNISANTOS;
Atua na área de alimentos e bebidas desde 1994;
Sócio e consultor multi-disciplinar da empresa Bem Estar Consultoria Gastronômica desde 2005;
Sócio e chef de cozinha da Cervejaria do Neco – Boteco Gourmet;
Autor do livro BARES E RESTAURANTES, DESVENDANDO SEUS SEGREDOS;

Foi dono de vários bares e restaurantes no transcorrer desses 24 anos, tais como: Restaurante San Michele di Mondovi, Bar e Restaurante Fogão Caipira, Bar e Restaurante UpTown, Bikkini Barista e atualmente é sócio e chef de cozinha do novo Cervejaria do Neco – Boteco Gourmet.

Deixe uma resposta