O tema escolhido tem muito a nos oferecer! São inúmeras as opções de materiais e revestimentos para pisos e paredes e, geralmente, as pessoas ao pensar no assunto acabam se perdendo com a diversidade que encontram pela frente! O DESIGNER pode ajudar muito nesse sentido, ao orientar o cliente com o melhor material ou revestimento de acordo com várias características importantes que são analisadas no momento da elaboração do projeto.

Citarei alguns pontos que sempre devem ser analisados quando se busca escolher o melhor material. LEMBRANDO SEMPRE: Um bom projeto é aquele que alia beleza e funcionalidade, portanto se um desses fatores ficar de fora, certamente o resultado final será prejudicado!

Em termos funcionais, cada ambiente precisa de revestimentos de características diferentes, já que vão ser expostos a diferentes agentes.  Em termos estéticossua cor e textura influenciam a atmosfera que se deseja e não podem ser esquecidos na composição do ambiente.

CARACTERÍSTICAS FUNCIONAIS

·         Durabilidade

·         Resistência

·         Manutenção

·         Aspectos térmicos, acústicos e antiderrapantes

CARACTERÍSTICAS ESTÉTICAS

·         Forma

·         Função

·         Cores

·         Texturas

·         Padrões

·         Acabamento

Áreas e Necessidades:

1)      Cozinhas,  banheiros, lavanderias – Chamadas Áreas Molhadas, precisam de revestimentos que resistam à água e gordura e que sejam fáceis de limpar, duros (que resistam ao atrito constante) e impermeáveis.Também não podem ser escorregadios quando molhados, para evitar acidentes.

2)      Áreas Externas – Os revestimentos para estas áreas têm que suportar a chuva e o sol, não podem ser escorregadios (perto de piscinas e sob chuva) e preferencialmente, instalados de forma a permitir que a água da chuva seja drenada pelo terreno, evitando poças e melhorando as condições ambientais do terreno e arredores (é ecológico usar materiais drenantes. Um dos grandes vilões das enchentes é o fato de haver revestimentos nas casas e ruas que não permitem a passagem da água para a terra).  Atualmente já há no mercado revestimentos que, por sua composição e/ou forma de fabricação, permitem a drenagem da água.

3)       Áreas Social e íntima – Para salas e quartos há uma gama imensa de materiais. Os itens      sempre  importantes a serem avaliados são o trabalho para a manutenção e a resistência do material. A escolha nestas áreas tem muito a ver com o desejo do “clima” do ambiente:  Se desejo aconchego, posso usar os tecidos, como seda e linho; Um tom mais moderno é dado pelas placas cimentícias e um ar clássico pelos papéis estampados;  Para ambientes rústicos, tijolo de demolição é uma possibilidade e por aí vai. O que também exige atenção é o ruído –  quanto maior o nível de absorção acústica do material, menos os sons serão ouvidos nos demais ambientes.

No próximo post estaremos conversando especificamente sobre materiais e revestimentos para PISOS!! Até lá, abraços!!!

      


Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *